Ponderização da Semana:
“Esta é minha obra e minha glória: Levar a efeito a imortalidade e vida eterna do homem” ( Moisés 1:39 )

Para iniciar a ponderação desta escrituras precisamos compreender as definições de imortalidade e de vida eterna. Aprendemos no Guia de Estudo das Escrituras: Imortalidade é viver para sempre como um ser ressurreto. Um estado em que a vida não tem fim e está além do poder da morte e que é obtida após a ressurreição. Todas as almas, no final, vão se tornar imortais pelo poder da Ressurreição de Jesus Cristo.

Já a vida eterna, diferentemente da imortalidade, é a expressão usada nas escrituras para definir a qualidade de vida que tem nosso Pai Eterno. A vida eterna tornou-se possível pela Expiação de Jesus Cristo. Entretanto, para herdar a vida eterna é preciso obediência às leis e ordenanças do Evangelho.

Tendo tais conceitos podemos melhor compreender o objetivo do Senhor para com todos os Seus filhos, e podemos assim compreender melhor o Seu amor por nós, o restante das ponderações deixo por conta do leitor. Mas antes disso compartilho, ainda, o que o Senhor disse – revelando-nos o que deve ser a nossa obra – em D&C 11:20 “Eis que esta é a tua obra: Guardar meus mandamentos, sim, com todo teu poder, mente e força.”

Para ajudar aqueles que desejam “ponderizar” eu e alguns amigos criamos um página para compartilhar semanalmente escrituras e ponderações sobre o evangelho de Jesus Cristo e seus tópicos: “https://www.facebook.com/ponderizar“. Além disso queremos ajudar os membros a também cumprirem o desafio do Elder Bednar de encher a Terra com mensagens edificantes e autênticas e também memorizar – junto da ‘ponderização’ – as escrituras de domínio do SEI.

Siga-me!

Junior Klaus

18 anos, estudante de direito com chamado para missão de tempo integral a caminho e em treinamento para ser missionário de história da família até ir para a missão.Administrador das páginas 'Filhos de um Rei' e 'Ponderizar' no Facebook.
Siga-me!

Últimos posts por Junior Klaus (exibir todos)