Na foto: Max Richard, Amalia Auguste e Robert Richard Zapf1.

Max Richard Zapf nasceu em 22 de setembro de 1875 em Bad Elster, Zwickau na Alemanha, sua esposa Amalia Auguste Thiele Zapf nasceu no dia 9 de janeiro de 1874 em Asch Bohemia na Alemanha2.

Eles conheceram o evangelho e foram batizando na Alemanha em agosto de 1908. Na história Alemanha no ano de 1913 estava passando por crise, e neste mesmo ano a família Zapf emigra para o Brasil, um ano antes de começar a primeira Guerra Mundial. Max tenha como profissão de padeiro, mas tenha em seu coração um sentimento de conhecer novas terras para assim começar vida nova com sua família.

Max e Amalia tiveram quatros filhos nascidos na Alemanha, por serem pequenos na época não foram batizados, são eles, Robert Richard Zapf, Rudi Arthur Zapf, Ana Zapf Hack e Arthur Zapf. A família Zapf saiu da Alemanha em 1913 e chegaram ao Rio de Janeiro no dia 14 de julho de 1913, ficando somente três semanas no Rio de Janeiro, seguiram para São Paulo, onde o pai da família Zapf pode exercer sua profissão de padeiro novamente3. Mas como o seu desejo era muito grande de ser proprietário de terra. Seguiu viagem rumo a Porto Alegre, chegando lá foi para o interior do Rio Grande do Sul, especificamente em Pororó, onde se estabeleceu com sua família com o objetivo de cultivar a terra. Pelo trabalho duro e pela falta de experiência no cultivo da terra fizeram a família Zapf voltar para São Paulo.

Mas no ano de 1925 os Zapf pegam o trem rumo para Santa Catarina, chegando a uma colônia que estava sendo formada de nome Colônia Müller, tendo uma distancia de uns 35 km de Ipomeia. Os Zapf não fizeram o mesmo que a Auguste Lippelt que mandava carta para liderança da Igreja. Por isto ficaram sem nenhum contato com a Igreja, mas mesmo assim eles não se filiaram a nenhuma outra igreja e mantiveram-se firmes na sua fé e esperança que algum dia teriam contato com evangelho e os ensinamentos da doutrina novamente em suas vidas4.

No ano de 1931 os elderes David Ballstaedt e Ludwig Smith chegaram à Colônia Müller onde encontraram a família Zapf que se apresentaram como membros da Igreja, tendo o Max e sua esposa Amália sido batizado na Alemanha.

Então relataram que seus filhos não tinham sidos batizados na Alemanha, pois eles eram muito pequenos na época para isto. Os elderes pediram as fichas batismais de Max e Amália, que foram mandadas e confirmaram que eles foram mesmo batizados na Alemanha e assim os missionários começaram a ensinar os filhos de Max e de Amália com respeito ao evangelho restaurado de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos Últimos Dias.

Os primeiros batismos realizados na Colônia Müller foram os filhos da família Zapf, que foi realizado em um riacho, depois do batismo a família ficaram sabendo que tinha uma família de membros que também vieram da Alemanha e por este motivo a família Zapf se muda todos para Rio Preto onde se encontrava a família Lippelt.

O filho mais velho da família Zapf, cujo nome é Rudi Arthur Zapf nasceu na Alemanha no dia 25 de outubro de 1907, foi Elder da Igreja que faleceu aos 98 anos de idade. Sempre pertenceu no Ramo de Ipomeia e sua residência era em Rio das Antas- SC. Foi batizado no dia 26 de fevereiro de 1931 pelo Elder Ludwig Schindt5.

1 Silva, Rubens Lima Da. Os Mórmons em Santa Catarina: Origens, conflitos e desenvolvimento. 2008.119 folhas. Trabalho do programa de pós-graduação em ciências da Religião. Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2008. pg;76

2 Idem, São Paulo, 2008. pg;74

3 Blind, Henrique João. IPOMÉIA: Parte da historiada igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no Brasil. 2012.114 folhas. 1ºedição, Êxito Editora Videira, SC.,pg;58

4 Idem 1ºedição, Êxito Editora Videira, SC.,pg;58

5 Silva, Rubens Lima Da. Os Mórmons em Santa Catarina: Origens, conflitos e desenvolvimento. 2008.119 folhas. Trabalho do programa de pós-graduação em ciências da Religião. Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2008. pg;75

Siga-me!

Valeria da Silva

Valéria Corrêa da Silva possui Licenciatura Plena e é Bacharel em História na PUCRS.
Siga-me!

Últimos posts por Valeria da Silva (exibir todos)