Em 22 de novembro de 2015, com a presença do presidente Rui B. Castro, da Missão Brasil Manaus, foi criado o Ramo Tabatinga, na fronteira oeste do estado do Amazonas. A presidência do ramo foi formada por Maximo Vasconcelos Rocha, presidente do ramo; Walter Vela Panduro, primeiro conselheiro; Marilson Barroso de Souza, segundo conselheiro e Medardo Cortez Quiroga, secretário financeiro.

Nesse acontecimento histórico, a reunião registrou uma frequência de 114 pessoas na reunião sacramental, entre elas 29 pesquisadores. Após as reuniões dominicais, houve uma reunião batismal, na qual quatro pessoas foram batizadas.

A malha urbana de Tabatinga (Barro Branco, em Tupi) é unificada com a cidade de Letícia, na Colômbia, localizando-se às margens do rio Solimões, na Tríplice Fronteira (Brasil, Colômbia e Peru). Nessa região, foi estabelecido em 1766 um posto militar e um posto fiscal, tendo em vista tratar-se de região fronteiriça. Formou-se então, a partir daí, a povoação de São Francisco Xavier de Tabatinga. Por um longo período, Tabatinga foi um subdistrito de Benjamin Constant, sendo emancipada em 1983.

Atualmente, Tabatinga conta com 61.028 habitantes, o sétimo município mais populoso do Amazonas. O acesso à cidade se dá por barco ou por avião, inexistindo estradas que unam Tabatinga a Manaus, cuja distância fluvial é de 1.600 km (mais distante do que os 1.021 km de São Paulo a Brasília, por via terrestre).

O Exército Brasileiro é o maior empregador do município, com cerca de mil vagas preenchidas. Tabatinga mantém uma Delegacia da Polícia Federal, um batalhão da Polícia Militar do Amazonas, um efetivo da Força Nacional do Brasil, um Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Tabatinga e um Comando de Fronteira do Exército, (8º Batalhão de Infantaria de Selva). A economia da cidade está baseada na Área de Livre Comércio de Tabatinga, criada em 1989, para promover o desenvolvimento da região de fronteira do extremo oeste do Estado do Amazonas, nos mesmos critérios da Zona Franca de Manaus.

Embora o ramo pertença à Missão Manaus, os membros frequentam uma capela do lado colombiano, em Letícia. Essa cidade da Colômbia faz parte da Área América do Sul Noroeste, na qual o Élder Carlos A. Godoy é o 2º conselheiro na Presidência de Área. Esse é um caso incomum de uma capela compartilhada por unidades em países diferentes.

Leia todo artigo em http://lds.org.br/o-uso-compartilhado-de-capelas-a-criacao-do-ramo-de-tabatinga

Murilo Vicente L. Ribeiro
Siga-me!

Murilo Vicente L. Ribeiro

Murilo Vicente Leite Ribeiro é blogueiro desde 2004. Tecnólogo na Área de Transito e Transportes, é graduando em Pedagogia e tem especialização em Direito Público e Privado. Criador do blog Murilovisck, ficou em segundo lugar no top blog Brasil 2012. Hoje tem uma parceria com o pro. Carlos Wizard Martins para direção do site OsMormons.com. Casado, tem dois filhos e trabalha na área de licitações públicas. É Presidente da Estaca Goiânia Brasil Sul.
Murilo Vicente L. Ribeiro
Siga-me!