Se você pensa que se casar e ter filhos está fora de moda,

Se você acha que a “carreira de mamãe” é coisa do passado,

Se você espera coisas mais emocionantes para sua vida,

Se a busca por realizações pessoais e dinheiro for mais importante para você;

Saiba que está sendo enganada,

Saiba que você não tem ideia do que diz,

Saiba que sua noção de felicidade está distorcida

E que não existe realização maior do que ser mãe;

Poucas coisas têm valor depois do tempo desta vida,

Pouco tempo nos é dado para decidir nosso destino,

Poucas mulheres conseguem enxergar essa verdade divina:

De que Deus espera que cuidem de sua família;

É preciso coragem para ir contra a maré e ficar em casa,

É preciso disciplina para controlar o materialismo,

É preciso estar disposta a sacrificar muitas vontades,

Mas a consagração é a única renúncia que também é uma vitória;

Ser mãe é um chamado tão grandioso que não é preciso mais nada,

Sendo mãe, automaticamente você se torna: professora, administradora,

Enfermeira e até médica, psicóloga, nutricionista, personal trainer, estilista de moda,

E muito mais, com a diferença de que seus clientes serão seus para sempre.

O massacre espiritual que atinge a juventude não poupará seus filhos,

O mundo está cada vez mais perigoso lá fora,

Se mantê-los puros, fortes, firmes e fieis, for importante para você,

Então é hora de verificar suas prioridades.

Trata-se de uma escolha delicada e cheia de detalhes,

Mas se colocarmos em termos simples ajuda a clarear,

Basta refletir sobre as seguintes palavras:

Fé, convênios, amor e eternidade.

É claro que existem exceções!

Deus mandou Néfi matar Labão,

E mandou Abraão mentir sobre Sarah.

Todos temos direito à revelação pessoal.

Mas é melhor pensar duas vezes antes de fugir dessa responsabilidade,

Porque você pode se arrepender quando não tiver mais volta,

Você pode descobrir tarde demais que essa alegria não tem preço,

A de sentir um beijo angelical daquele filho que você não quis ter.

A mãezinha que chega nos lugares cheia de crianças,

Não é bem vista nos dias de hoje, às vezes não é nem mesmo bem recebida,

As pessoas olham e pensam: que doida varrida!

Eis a voz do Senhor: os tolos zombam, mas lamentarão.

São apenas duas décadas para formar nossas joias preciosas,

Depois disso, eles batem as asas e iniciam sua própria jornada,

Esteja presente e dê o melhor de si durante esse tempo,

Você vai ver a diferença que isso fez quando chegar lá!

Pois não é nas festas, nas reuniões de trabalho, nem nos congressos,

Que se desfruta a vida em sua plenitude, mas sim no lar.

É cozinhando, brincando, servindo, ensinando e cuidando,

Que você descobre seu lugar.

Siga-me!

Suzana Argachof Ribeiro

Formada em Letras, casada, mãe de 3 meninas em tempo integral e escritora nas horas vagas. Fã de carteirinha da Sociedade de Socorro! Autora dos livros: O Elo Forte - uma história contada por quatro gerações, Um Sonho Distante - o que existe além da memória e A Guerra Invisível - o que se ganha quando se perde. Blog pessoal: http://escritorasuzanaribeiro.blogspot.com.br/
Siga-me!

Últimos posts por Suzana Argachof Ribeiro (exibir todos)