James Edward Talmage (21 de setembro de 1862 – 27 julho de 1933), nascido em Hungerford , Berkshire , Inglaterra , era um membro do Quorum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (mórmons) de 1911 até sua morte em 1933.
 
Talmage cresceu em Hungerford, na Inglaterra. Ele é o segundo filho de uma família de oito filhos. Ele foi batizado na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias aos 10 anos em 15 de junho de 1873. No dia 18 de agosto de 1874 foi ordenado diácono. Ele se mudou com sua família para Provo, Utah em 1876. Em Provo, ele estudou na Brigham Young Academy , tendo como um de seus professores Karl G. Maeser. Ele se formou em 1880.
 
Em 1881, Talmage recebeu um diploma colegial do Departamento Científico da Brigham Young Academy, um dos primeiros diplomas a serem emitidos.
 
Ainda jovem tinha uma predileção pelas ciências, e em 1882-1883, ele fez cursos de química e geologia na Universidade de Lehigh , Bethlehem, Pennsylvania .
 
Ele passou durante seu ano de residência em quase todos os exames no decorrer de quatro anos e depois se formou, e em 1883-1884, ele foi contratado em trabalhos avançados na Johns Hopkins University , Baltimore, Maryland .
Família
Talmage casou com Marry May Booth (1868-1944), em 14 de junho de 1888 no Templo de Manti. May era nativa de Alpine, Utah e filha de imigrantes de Lancashire , na Inglaterra. Ela começou a estudar na Brigham Young Academy em 1885, quando tinha 16 anos. Ela conheceu Talmage na escola. 
 
Além de servir com Talmage quando ele era presidente da Missão Européia, serviu também na supervisão da Sociedade de Socorro durante sua missão. A Sra. Talmage serviu por 40 anos como membro do Conselho Geral da Associação de Melhoramento Mútuos das Moças da Igreja SUD. Além disso, enquanto estava na Grã-Bretanha ela supervisionou o início da organização dos rapazes e moças naquele país.
Eles tiveram oito filhos. Entre seus filhos está John Talmage, que escreveu uma biografia de seu pai. Outro de seus filhos, Sterling B. Talmage (1889-1956), seguiu o exemplo de seu pai e tornou-se um geólogo.
 
Carreira Acadêmica
Talmage estudou química e geologia na Universidade de Lehigh e Johns Hopkins University . Ele recebeu seu Bacharelado na Universidade Lehigh, em 1891. Talmage recebeu seu Ph.D. na Illinois Wesleyan University em 1896.
 
Talmage foi eleito membro vitalício em várias sociedades científicas.
 
Talmage ensinou ciências na Academia Brigham Young e foi estudar no leste dos Estados Unidos. Ele foi o presidente da LDS Business College até 1894 e depois foi presidente da Universidade Deseret, agora conhecida como Universidade de Utah, em 1894-1897. De 1897-1907 Talmage foi professor de geologia na Universidade de Utah.
 
Em 1909, Talmage estava servindo como o diretor do Museu Deseret. Ele foi para Detroit em novembro do mesmo ano para participar de escavações em Michigan. Talmage viria a denunciar muitos dos resultados de Michingan como falsificações de relíquias em um artigo intitulado “As Relíquias de Michigan: A História da Falsificação e Decepção”.
 
Escritor de Livros da Igreja
Ele foi o autor de vários livros sobre a Igreja, incluindo As Regras de Fé , A Grande Apostasia , A Casa do Senhor e Jesus O Cristo. Estes volumes permanecem na imprensa e ainda são amplamente lidos por Santos dos Últimos Dias . 
 
Outros livros incluem pesquisas sobre as origens do Livro de Mórmon, um dicionário do Livro de Mórmon, e uma breve história do mormonismo.
 
Talmage se tornou um membro do Quorum dos Doze Apóstolos em 1911. 
 
De 1924 a 1928 Talmage serviu como Presidente da Missão Européia da Igreja SUD.
 
Morte
 
Talmage morreu em Salt Lake City aos 70 anos. Ele foi enterrado no Cemitério de Salt Lake City.
Homenagens
 
Os Edifícios dos Cursos de Matemática e Ciências da Computação da Brigham Young University são nomeados com o nome de Talmage. Há também um prédio no campus da Universidade de Utah em sua homenagem.
Mito
Existe um mito de que Albert Einstein conhecia e considerava Talmage como um dos homens mais inteligentes da época. É tão somente um mito. Existe até uma história assim: Certa vez, alguém perguntou a Albert Einstein como se sentia ao ser a pessoa mais inteligente viva e ele disse: “Eu não sei, por que você não pergunta a James E. Talmage.”

Não há nenhuma prova de que Einstein disse isso. Na verdade, o mais provável é que Einstein e Talmage nunca se conheceram. Não há referências nos diários de Talmage sugerindo que ele já teve a oportunidade de reunir-se com Einstein. Também não há referências sobre Talmage em qualquer dos documentos de Einstein. De acordo com John R. Talmage, filho de James E. Talmage, tanto quanto ele sabe, seu pai nunca conheceu Albert Einstein. “É tão somente um boato”.

Murilo Vicente L. Ribeiro
Siga-me!

Murilo Vicente L. Ribeiro

Murilo Vicente Leite Ribeiro é blogueiro desde 2004. Tecnólogo na Área de Transito e Transportes, é graduando em Pedagogia e tem especialização em Direito Público e Privado. Criador do blog Murilovisck, ficou em segundo lugar no top blog Brasil 2012. Hoje tem uma parceria com o pro. Carlos Wizard Martins para direção do site OsMormons.com. Casado, tem dois filhos e trabalha na área de licitações públicas. É Presidente da Estaca Goiânia Brasil Sul.
Murilo Vicente L. Ribeiro
Siga-me!