Ia Jesus a caminho de Jerusalém quando ao entrar num povoado dez leprosos se lhes dirigiram. E porque não se podiam aproximar devido à sua terrível doença, gritaram implorando que lhes curasse.

Jesus na sua infinita misericórdia disse-lhes: “Vão mostrar-se aos sacerdotes”. Isto porque segundo a lei eram eles que atestavam a cura daqueles doentes.

Ao verificarem que estavam curados os homens alegraram-se e afastaram-se correndo. Porém, um deles retornou para agradecer ao Mestre a sua misericórdia.

Jesus questionou então os presentes indagando pelos outros nove, dado que apenas um retornara para agradecer a miraculosa cura.

De fato, passados mais de dois mil anos sobre este acontecimento continuamos a sofrer da mesma terrível doença, mais gravosa que a lepra: a Ingratidão!

De fato a Igreja é perfeita e sábios são os seus ensinamentos, os membros como seres imperfeitos que são de vez em quando falham, e falham nos mais pequenos (grandes) pormenores como são aqueles que se prendam com o simples agradecimento.

“Obrigado” é uma palavra mágica que todos gostamos de escutar. E desobrigar de um chamado de serviço um irmão que fez o melhor possível para magnificar a tarefa de que foi incumbido sem um simples agradecimento é exatamente o oposto que Jesus ensinou.

Infelizmente alguns dos nossos líderes eclesiásticos esquecem-se de agradecer àqueles que foram desobrigados de determinadas funções de serviço e isso não é correto, pelo que devemos ter este importante pormenor sempre em consideração.

Não foram 10 os curados? Então porque apenas um voltou para agradecer?

Siga-me!

Rui Canas Gaspar

Rui Canas Gaspar foi escuteiro ativo durante 25 anos, tendo servido como dirigente em todos os escalões hierárquicos do C.N.E. Serviu como bispo durante mais de seis anos. Foi missionário do Serviço de Bem-Estar em Portugal durante um ano. Criou diversas páginas e dinamiza-as nas redes sociais. É escritor com diversos livros publicados, entre eles três abordando a Igreja SUD.
Siga-me!

Últimos posts por Rui Canas Gaspar (exibir todos)