SALT LAKE CITY – O câncer agressivo que tirou a vida do Elder L. Tom Perry no sábado chocou sua família, mas ele entendia que o diagnóstico terminal do câncer era a vontade do Senhor, disse seu filho neste domingo.

Élder Perry, que morreu aos 92 anos, foi diagnosticado a 40 dias com câncer anaplásico da tireóide raro. O câncer invasivo atravessou seu corpo com tal velocidade que também surpreendeu os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Élder Perry tentou manter suas funções como membro do Quorum dos Doze Apóstolos até a semana passada, disse seu filho, Lee Perry, que foi seu biógrafo e é decano da Marriott School of Management da BYU.

“Foi apenas na terça-feira que ele percebeu que o ônus do apostolado era demais pra ele, e não poderia mais continuar, então ele fez a coisa certa”, disse Perry. “O Élder (Russell M.) Nelson estava viajando, então ele conversou com Elder (Dallin H.) Oaks e o Élder (M. Russell) Ballard e explicou a situação. Ele tinha algumas designações, mas ele disse que tinha a sensação de sua missão estava completa e que eles deveriam continuar sem ele”.

Em uma entrevista neste domingo de manhã com o Deseret News, Lee Perry forneceu novos detalhes sobre o câncer de Élder Perry, e deu uma visão sobre os sentimentos da família e memórias pessoais de seu pai.

“Não é trágico, mas foi sem dúvida súbito e triste”, disse ele.

Elder Perry disse a sua família no dia 19 de abril que os médicos haviam identificado um tumor em sua tireóide e que ele ia fazer uma biópsia no dia seguinte.

“Ele queria que nós estivéssemos cientes de que provavelmente fosse maligno”, disse Perry. “Fui para casa, pesquisei e descobri as chances de ele ter um câncer terminal eram pequenas, porque o tipo que ele tinha era bastante raro. Havia quatro tipos, e os outros três eram curáveis. Ele tinha um Carcinoma anaplásico de tiroides.”

“Eu estava no quarto do hospital quando seu pneumologista falou a meu pai que ele estava muito doente, embora ele talvez não se sentisse dessa forma.”

“É realmente difícil de entender o quão rápido ele estava crescendo, mas era muito violento”, disse Perry.

A família se juntou aos membros da igreja em todo o mundo orando por um milagre.

“Nós certamente queríamos um milagres, fosse ele médico ou celestial, nós não teríamos se importado muito com o tipo de milagre. Nós descobrimos a cerca de três semanas atrás que tinham acabado as opções médicas, por isso, esperávamos por um milagre divino. Nós sempre soubemos que esses milagres vêm de acordo com a vontade do Senhor, e nós aceitamos isso. Meu pai certamente o fez.”

“Ele estava muito conformado com tudo.”

A família, disse Lee Perry, foi “um pouco mais lenta em aceitar.”

O entusiasmo de Élder Perry se destacava, ampliada pela amplitude de seu sorriso, sua voz potente e grande força e altura, para aqueles mais acostumados com sua energia típica, foram os que mais ficaram surpresos com a velocidade do câncer. Que incluía sua esposa, Barbara, e seus filhos e netos.

A esposa de Lee Perry, Carolyn disse: “Eu acho que a família em geral, estávamos muito chocados com o quão rápido tudo aconteceu. Eu acho que Barbara, na verdade todos nós. Tinha razão, ele aceitou a realidade antes que nós.”

Elder Ballard gostava de dizer que Elder Perry ainda achava que ele era um fuzileiro naval, que ele estava na II Guerra Mundial. Esse treinamento permaneceu evidente ao longo das últimas seis semanas.

Murilo Vicente L. Ribeiro
Siga-me!

Murilo Vicente L. Ribeiro

Murilo Vicente Leite Ribeiro é blogueiro desde 2004. Tecnólogo na Área de Transito e Transportes, é graduando em Pedagogia e tem especialização em Direito Público e Privado. Criador do blog Murilovisck, ficou em segundo lugar no top blog Brasil 2012. Hoje tem uma parceria com o pro. Carlos Wizard Martins para direção do site OsMormons.com. Casado, tem dois filhos e trabalha na área de licitações públicas. É Presidente da Estaca Goiânia Brasil Sul.
Murilo Vicente L. Ribeiro
Siga-me!