A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias tem usado o anel do CTR como um símbolo de fé por mais de 45 anos. As letras, que significam em inglês “Choose The Right” ou em português “Conserve Tua Rota”, estão estampadas num fundo verde e tem uma história forte e um significado muito mais profundo do que apenas um símbolo para 15 milhões de mórmons.

Desde que a igreja começou a usar “CTR”, tanto em anéis como em manuais de ensino, o símbolo cresceu e se tornou uma questão de moda e expressão exterior para aqueles que possuem o logotipo simbólico.

No início da década de 70, oito mulheres designadas em uma comissão pela Igreja cunhou a idéia do anel. A chefe do comitê, Noami W. Randall recomendou que a igreja incorporasse algum tipo de “emblema de crença” nos ensinamentos doutrinários para os meninos e meninas da organização da primária da igreja.

Norma Nichols, também um membro do comitê disse: “Rapazes não usam colares e brincos, então um anel parecia uma boa idéia.” A idéia para o escudo foi pensado de forma a proteger os seus portadores da tentação e o fundo verde do escudo foi utilizado para simbolizar uma árvore com folhas persistentes (sempre verdes) – uma árvore que permanece fiel à sua aparência com a mudança das estações.

Uma vez que o projeto foi finalizado, Coy Miles – então presidente de uma empresa de jóias de Salt Lake City foi contratada para projetar o anel, enquanto Joel Izatt foi convidado a criar a arte para os materiais de ensino.

Em 1970, Gordon B. Hinckley, que era um apóstolo da Igreja na época, anunciou oficialmente o novo currículo do “CTR” numa conferência para toda a igreja. Era para ser implementado como uma parte da doutrina que estava sendo ensinada para crianças com idades entre 6 e 7 anos.

Como parte do novo programa, a cada criança da igreja foi dado um dos novos anéis do CTR, ensinado o seu significado simbólico, e também ensinou como ele poderia ajudá-los a tomar as decisões corretas na vida. Desde então, seus conceitos foram ensinados a todas as crianças da primária da Igreja.

Além de seus ensinamentos, o símbolo do CTR foi colocado em anéis em mais de 40 línguas diferentes, incluindo línguas da cultura pop, como Klingon, élfico e até mesmo binário. Brincos, broches, gravatas, pulseiras, camisetas e qualquer outro item que puder ter o escudo do CTR se tornaram populares, especialmente entre os jovens da igreja.

Desde então, as letras CTR dentro de um escudo verde são uma marca registrada d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Milhares de anéis do CTR são vendidos através de varejistas on-line, bem como em lojas, e até mesmo nas lojas Walmart dos EUA, onde os membros da igreja são proeminentes.

Os membros da igreja em todo o mundo ficam felizes e orgulhosos em usar seus anéis, camisas, e colares para mostrar o seu empenho e devoção à igreja, e para lembrar-se de defender o que é certo. Esse simbolismo dentro da igreja é encontrado em abundância, mas este símbolo é um dos mais significativos na vida dos mórmons.

Murilo Vicente L. Ribeiro
Siga-me!

Murilo Vicente L. Ribeiro

Murilo Vicente Leite Ribeiro é blogueiro desde 2004. Tecnólogo na Área de Transito e Transportes, é graduando em Pedagogia e tem especialização em Direito Público e Privado. Criador do blog Murilovisck, ficou em segundo lugar no top blog Brasil 2012. Hoje tem uma parceria com o pro. Carlos Wizard Martins para direção do site OsMormons.com. Casado, tem dois filhos e trabalha na área de licitações públicas. É Presidente da Estaca Goiânia Brasil Sul.
Murilo Vicente L. Ribeiro
Siga-me!