Em setembro de 1928, dois jovens, um alemão e um americano, chegaram na estação de trem no sul da cidade brasileira de Joinville, Santa Catarina. Vestidos em termos de lã, camisas brancas, gravatas e chapéus, que chamou atenção de muitos que passaram. O tempo estava quente e úmido.

Depois de ficarem em um hotel adequado, eles foram imediatamente a um gerente de teatro local para obter informações sobre o aluguel de uma instalação a ser usado para uma palestra e apresentação de slides. Segurando um salão e com folhetos impressos, eles foram imediatamente à rua anunciando sua apresentação.

A mensagem que esses jovens estavam tão ansiosos para dizer era simples. Deus havia aparecido para um jovem garoto americano de quinze apenas mais de cem anos antes, colocando em movimento o desenvolvimento de um novo movimento religioso que proclamava ser o único representante legítimo de Deus sobre a terra. O mormonismo estava sendo introduzido na sociedade brasileira 1·

Logo os missionários dão inicio ao trabalho de proselitismo, com os membros da comunidade de imigrantes alemães, e iniciaram o trabalho com estudos na Escola Dominical, fazendo reuniões em casa de famílias e posteriormente o trabalho de palestras ilustradas, mostrando “Utah e seu povo”. Estas palestras eram realizadas num teatro que havia sido alugado assim que chegaram a Joinville, sendo que as freqüências destas reuniões chegavam alcançar 400 pessoas. Aos domingos, realizavam reuniões sacramentais, sendo que em pouco tempo de trabalho, em três meses tinham uma freqüência de 70 pessoas nas reuniões de domingo2.

Algum tempo de depois, em 14 de abril de 1929, os primeiros batismos são realizados em Joinville, e conseqüentemente, a família Sell, tornam-se os pioneiros em terra brasileira , sendo eles: Theodoro Sell, Berta A. Just Sell, Alice Sell, Siegfried Sell e Adele Sell3.

No entanto, como em todas as épocas, alguns lideres locais de outras religiões, logo iniciavam um serviço de perseguição aos missionários e à Igreja, publicavam falsas acusações, instigando as pessoas e até infringindo agressões físicas aos missionários com o objetivo de destruir este trabalho de benção para as famílias 4.

A igreja adquiriu uma propriedade no ano de 1929, onde tinha uma antiga construção, que foi amplamente remodelada e reformada para se transformar em uma linda capela para abrigar as reuniões da igreja e moradia dos missionários.

No dia 13 de agosto de 1931 é colocada a pedra angular da primeira capela a ser construída no Brasil da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e assim se dá o inicio a sua construção. Fase da colocação do alicerce sobre pedras na construção da primeira capela de Joinville em Santa Catarina. Os missionários construtores e os primeiros membros trabalharam juntos5. Em 25 de outubro de 1931, esta capela é dedicada, tendo a presença do presidente da missão Sul-Americana Elder Reinhold Stoof que estava acompanhado com outros seis missionários, contando também com a presença de 98 pessoas , sendo que , o ramo de Joinville contava na época com 46 membros. A reunião Sacramental deu-se inicio às 20:15h. O ramo nesta época era presidido pelo Elder David Ballstaedt, passando a ser o centro de trabalho missionário para todo Brasil6.

1 Artigo Mormonismo no Brasil: Religião e dependência na America Latina. Escrito por Mark L. Grever Agosto de 1985.

2 Silva, Rubens Lima Da. Os Mórmons em Santa Catarina: Origens, conflitos e desenvolvimento. 2008.119 folhas. Trabalho do programa de pós-graduação em ciências da Religião. Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2008. pg;78

3 Idem Silva, Rubens Lima Da.São Paulo, 2008. pg;79

4 Blind, Henrique João. IPOMÉIA: Parte da historiada igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no Brasil. 2012.114 folhas. 1ºedição, Êxito Editora Videira, SC. pg; 83.

5 Informação mandada por e-mail pessoal, por José Roberto Nunes, trabalhou na Church History Library em Salt Lake.

6 Silva, Rubens Lima Da. Os Mórmons em Santa Catarina: Origens, conflitos e desenvolvimento. 2008.119 folhas. Trabalho do programa de pós-graduação em ciências da Religião. Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2008. pg;81

Siga-me!

Valeria da Silva

Valéria Corrêa da Silva possui Licenciatura Plena e é Bacharel em História na PUCRS.
Siga-me!

Últimos posts por Valeria da Silva (exibir todos)