O Elder Howard é um americano de Utah. Veio ao Brasil para passar dois anos como missionário Mórmon. Está quase terminando sua missão. Ele está atuando na ala Iguatemi, Estaca Campinas Brasil Flamboyant. Já fala muito bem a nossa língua, mas nem sempre foi assim – ele chegou por aqui sem falar uma só palavra em português. Mas algum “amigo” ensinou a ele o que seria um gesto de muita educação nas casas brasileiras – “quando estiver satisfeito, levante o prato e diga ‘quero repetir!'”. Ele não entendeu muito bem o que isso queria dizer, mas guardou as palavras.
Pois não é que logo em seu primeiro dia, o Elder Howard foi visitar justo uma casa onde estavam servindo feijoada? Ele tomou um susto porque nunca tinha visto aquela comida. Mas sabia que seria falta de educação recusar, então traçou um prato
inteiro de feijoada com arroz, farofa, torresmo e tudo o que tinha direito.
Quando terminou, lembrou-se do que lhe dissera o amigo – levantou o prato e anunciou “quero repetir!”. A dona da casa, muito satisfeita, tratou logo de servir-lhe mais um prato. O Elder não entendeu porque recebeu mais uma generosa porção, mas sabe como é – ele já sabia que seria falta de educação recusar.
Quando terminou, já não aguentando mais, levantou o prato e anunciou “quero repetir!”. Nesse momento as risadas dos outros missionários mostraram a ele que algo estava errado. Veio mais um prato de feijoada e dessa vez ele fez sinal de que não poderia mais comer.
Típica “trollada” à brasileira
Siga-me!

Eduardo Marcondes

É jornalista há 20 anos, com ênfase na atuação em Rádio e Televisão. Foi repórter, editor e apresentador, com passagens por praticamente todas as emissoras com sede na capital paulista, entre elas o Grupo Bandeirantes e o SBT. Atualmente faz trabalhos de textos em parceria com alguns empresários e escreve regularmente na internet há pouco mais de ano.
Siga-me!