“O verdadeiro objetivo do Plano de Bem-Estar é edificar o caráter dos membros da Igreja…”.

No manual “Prover a Maneira do Senhor” encontramos que responsabilizar-se individualmente pelo bem-estar espiritual e temporal sempre fez parte da prática do evangelho. Um dos propósitos da Igreja é ajudar os membros a cumprir essas responsabilidades. Os líderes do sacerdócio, das auxiliares, os mestres familiares e as professoras visitantes desempenham um importante papel nesse trabalho. Mestre familiar e professoras visitantes são a primeira fonte de ensino para as famílias e devem orientar e ajudar para que sejam estruturadas conforme o programa “Prover a Maneira do Senhor” estabelece.

O Salvador ordenou à Igreja e seus membros que fossem autossuficientes (D&C 78:13-14) O Pai Celestial concedeu a todos os Seus filhos tudo o que possuem – seus talentos, habilidades e bens materiais – e os fez mordomos dessas bênçãos (D&C 104:11-13) Para cumprir essa mordomia honrosamente, os membros da Igreja devem tornar-se autossuficientes, usando essas bênçãos para cuidar de si mesmos e de sua família. Os membros capazes física e emocionalmente não devem transferir sua própria responsabilidade de bem-estar ou a de sua família para outras pessoas.

Para tornar-se autossuficiente, é preciso trabalhar. O trabalho é um esforço físico, mental ou espiritual. É uma fonte básica de felicidade, autoestima e prosperidade. Por meio do trabalho, conseguem-se muitas coisas boas na vida.

“Nosso propósito foi estabelecer, na medida do possível, um sistema que acabasse com a praga da ociosidade, abolisse as esmolas e instituísse mais uma vez entre o povo a independência, industriosidade, poupança e autorrespeito. A meta da Igreja é ajudar o povo a ajudar a si próprio. O trabalho deve ser o princípio regente da vida de nossa congregação”. (Conference report, outubro de 1936, p.3).

Ao trabalharmos para alcançarmos a autossuficiência os membros da Igreja devem preparar-se nas seis áreas básicas:

1. Educação
2. Saúde física
3. Emprego
4. Armazenamento doméstico
5. Administração de recursos
6. Força espiritual, emocional e social.

“O verdadeiro objetivo do Plano de Bem-Estar é edificar o caráter dos membros da Igreja – os que dão, e os que recebem – ressaltando o que há de melhor em seu íntimo, e frutificando a riqueza do espírito que, afinal, é a missão, o propósito e a razão de ser da Igreja”.J. Reuben Clark, Jr., Reunião especial de presidentes de estaca, 2 de outubro de 1936.
Cuidar de si e dos outros à maneira do Senhor, é uma indicação da veracidade da Igreja e evidência de que somos discípulos de Cristo.

Nesta série vamos falar das seis áreas do Bem Estar e desta maneira sabermos como buscar a autossuficiência em cada uma delas. No próximo artigo falarei sobre Educação.

Márcio Patelli

Márcio Patelli é editor do blog Noticias Sud Brasil. Casado e pai de 4 filhos, é Diretor de Assuntos Públicos Multi Estacas no conselho de coordenação da Missão Brasil Juiz de Fora e serve também uma Missão de Serviço no Departamento de Assuntos Públicos da Área Brasil.