Como estamos vendo, cada dia está mais fácil de se fazer genealogia: cada vez temos mais recursos e também a ajuda de outras pessoas, numa grande rede mundial de gente em busca de seus antepassados. Basta termos boa vontade e perseverança!

Se você já leu (e seguiu as instruções) referentes às duas primeiras partes desse estudo, vamos em frente! Se não leu ainda, convem ler os artigos anteriores.

Pesquisando no Museu do Imigrante, pela internet

Nada melhor do que vermos um caso real. Vamos lá!

Entre no site e depois clique em “Registros de Matrículas” (Acesse a Pesquisa):

-Vão aparecer campos a serem preenchidos. Coloque o nome (ou só o sobrenome) do antepassado procurado, e depois clique em “Pesquisar”:

-A pesquisa retornará vários resultados, caso seu antepassado tenha passado pela Hospedaria dos Imigrantes de São Paulo. Aí, pesquise dentro dos resultados, para ver se alguém é o seu antepassado procurado.

–Clicando nos links encontrados, veremos o livro original do Registro dos Imigrantes! Grátis!

-Depois, você pode pesquisar também por Vapor (navio), onde você encontrará listas de pessoas a bordo de cada navio, etc, etc. Gaste um tempinho conhecendo o ótimo site do Memorial da Imigração. Vale a pena. Já o conheci pessoalmente, em São Paulo: lá você pode fazer pesquisas em máquinas tipo caixa 24 horas.

Pesquisando pelo site Family Search

Este é um dos melhores e maiores sites de pesquisa e montagem de árvores genealógicas do mundo. De forma gratuita, você pode criar uma conta de usuário e criar sua própria árvore genealógica no próprio site FamilySearch e depois fazer pesquisas. Vamos por partes!

Criar uma Conta no Family Search

Entre no Site FamilySearch.org:

-No canto superior direito da página, clique em “Conta Gratuita” e preencha os dados.

Obs: Se você for membro da Igreja SUD, crie uma “Conta SUD, com seu número de membro, se não for membro, crie uma “Conta Grátis).

-Depois de “logado”, (ou seja, se cadastrado e “Entrar no Sistema” com seu nome de usuário e senha, você verá os recursos e já terá seu nome colocado na “Árvore Familiar”.

-Clique em “Árvore Familiar” para visualizar sua árvore (depois de muita pesquisa, ficará mais ou menos assim:

Eu e minha família já fazemos pesquisa genealógica há várias décadas, portanto, se você está inciando agora, lembre-se de que a jornada não será rápida nem fácil, porém, garanto a você que será gratificante e emocionante!

Voltaremos e continuaremos em breve!

Siga-me!

Luiz Polito

Luiz Polito serviu na Missão Brasil Rio de Janeiro (1978/80). É músico e microempresário. Proprietário de um Sebo Virtual, chamado Higino Cultural. E atualmente serve como Consultor de História da Família na Ala Bauru - Estaca Bauru.
Siga-me!