Durante os meses de Abril e Outubro, membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, sabem que é época de Conferência Geral da Igreja. Mas nem sempre foi assim. Durante os primeiros anos da Igreja, uma Conferência poderia ser convocada a qualquer momento; geralmente quando o Profeta Joseph Smith tinha negócios para discutir, problemas para resolver ou novas revelações para anunciar. Conforme as Conferências tornaram-se mais regulares e a adesão à Igreja cresceu, no entanto, o propósito e a prática da Conferência tornaram-se mais definidos. Aqui estão algumas coisas que foram feitas durante a conferência ao longo dos anos, mas que já não se fazem hoje em dia.
1. O Sacramento
A primeira conferência reconhecida pela Igreja foi realizada em 9 de junho de 1830, poucos meses depois da organização da Igreja. As primeiras Conferências pareciam mais uma reunião sacramental moderna, com um hino de abertura, a passagem do sacramento, a confirmação dos membros e o ensino do Profeta. Embora isso foi interrompido quando o número de membros da Igreja cresceu, o sacramento também foi aprovada em uma sessão especial, mais recente da conferência em outubro de 1942, no início da Segunda Guerra Mundial. A passagem do sacramento naquela sessão da conferência foi seguida por uma reunião de testemunho.
2. Confirmar os Membros e Ratificar Revelações

A Confirmação dos novos membros da Igreja agora é feito a nível local – senão imaginamos que uma boa parte da conferência seria gasta apenas nas nessa ordenança! Além de confirmar membros, os participantes da Conferência também votariam para ratificar as revelações recentemente anunciadas. Este conjunto de enquadramento para o nosso atual método de “consentimento comum” votação. Por exemplo, foi em uma reunião de Conferência que os membros votaram para o Livro dos Mandamentos (conhecida hoje como Doutrina & Convênios) a ser publicado. Em Abril 1844 marca o ponto de viragem de Conferências.
3. Eram Realizados Tribunais na Igreja

Um dos objetivos das Conferências iniciais era unificar e organizar os santos. Uma das maneiras de fazê-lo foi resolver disputas de membros e transgressões morais, incluindo desassociar, excomungar. Eventualmente, um tribunal (Conselho disciplina da Igreja) separado da Conferência da Igreja evoluiu para cuidar dessas preocupações seculares e religiosas.

4. Anuncio de Colonização e Atribuições (Chamados) Missionárias


Não só os primeiros membros da Igreja participaram da Conferência não sabendo quem seria chamado para resolver uma nova área ou parti para servi em uma Missão. Ao realizar uma Conferência em setembro, foi anunciado que os missionários chamados naquele dia, deveriam parti em missão, antes das tempestades de inverno.
5. Conferência Geral em 6 de Abril

Uma vez que a Conferência começou a ser mais consistente, pelo menos algumas sessões ocorreram em 6 de abril, não importando o dia da semana. Antes disso, as Conferências eram chamadas simplesmente quando necessário, não importa o mês ou o dia. O primeiro padrão consistente de Conferência a cada seis meses em abril e outubro é afirmada até 1840.
6. Ouvir Oradores Além das Autoridades Gerais

Os oradores passados na Conferência Geral incluíram presidentes de estaca e missão, bem como representantes dos Estados Unidos e Escoteiros da América. Até o chefe de gabinete do Exército dos Estados Unidos teve tempo no púlpito. Agora podemos esperar ouvir somente das Autoridades Gerais e Auxiliares.
7. Realizar Conferência Fora do Centro de Conferências
Antes da construção do Centro de Conferências, foram organizadas Conferências Gerais em muitos outros lugares. No início estavam em Fayette, Nova York; Kirtland, Ohio; E Council Bluffs, Iowa, enquanto os posteriores foram realizados em lugares como Logan e Provo, Utah. Uma conferência especial em 1893 foi mesmo realizada no Templo de Salt Lake para que o edifício pode-se ser dedicado. O lugar que muitas pessoas se lembram de que a conferência acontece, no entanto, é o Tabernáculo de Salt Lake, que realizou a Conferência Geral de 1867 a 2000.
8. Contabilizado Publicamente as Despesas da Igreja

A partir de 1908, um comitê de auditoria começou a relatar os assuntos financeiros da Igreja. Incluído no relatório era geralmente a quantidade de dinheiro gastado em categorias individuais tais como o custo da manutenção, construções de Templos ou de escolas da Igreja, assim como a quantidade dada a Ajuda Humanitária da Igreja e outros fundos. Em abril de 1959, a Igreja deixou de responder por gastos específicos, mas começou a dar uma auditoria mais generalizada, como Missionários em campos e Templos.
9. Realizavam Mais de Dois Dias de Conferência
Para a maior parte da história da Conferência, algumas das sessões duraram três dias e algumas sessões foram dedicadas a tópicos específicos. Em 1867, os membros votaram para estender a Conferência a quatro dias por um curto período de tempo. Em abril de 1977, porém, a prática de uma Conferência de dois dias no sábado e no domingo foi iniciada.
10. Os Oradores Falavam Sem Notas Preparadas ou Limites de Tempo
Nas primeiras Conferências, os oradores confiaram na inspiração divina para guiar suas observações. Os participantes ficaram em seus assentos até que os oradores dissessem tudo o que queriam dizer – isso significava cinco minutos ou uma hora e cinco minutos. Quando a Conferência começou a ser transmitida na televisão, os limites de tempo tornaram-se necessários para que os intervalos das estações não interrompessem um orador.
___________________________________________________________
NÃO PERCA!

Todos os membros da Igreja estão convidados a participar da 187ª Conferência Geral Anual da Igreja.

Sábado e domingo, 1º e 2 de abril
Sessão da Manhã de Sábado: 13 horas às 15 horas
Sessão da Tarde de Sábado: 17 horas às 19 horas
Sessão Geral do Sacerdócio: 21 horas às 23 horas
Sessão da Manhã de Domingo: 13 horas às 15 horas
Sessão da Tarde de Domingo: 17 horas às 19 horas

Horário de Brasília

Prepare-se para a Conferência: A conferência nos dá a oportunidade de receber revelação pessoal enquanto os profetas vivos transmitem conselhos e orientações. Fazer perguntas pode nos ajudar em nossa preparação para a conferência, aumentando a revelação pessoal ao assistirmos. Pessoas de outras religiões são bem-vindas a participar da conferência geral. Os membros são incentivados a convidar as pessoas pessoalmente ou usando as mídias sociais. (Ver mais em: Lds.org.br)

Siga-me!

Elias Rozendo

Nasceu no dia 14 de Fevereiro de 1990, na cidade de São João Del Rei- MG. Conheceu a Igreja em Manaus e foi batizado em 2005. Fez seminário e cursa o instituto. Serviu na Missão Brasil Santa Maria, onde recebeu a inspiração para escrever o seu primeiro livro ' A VERDADE SOBRE OS MÓRMONS''.É apaixonado por comunicação.
Siga-me!

Últimos posts por Elias Rozendo (exibir todos)